Os caminhos do aprendizado

Somos seres únicos. Sendo assim, é importante entender que cada um de nós aprende de uma maneira diferente. Compreender os estilos de aprendizagem ajuda no processo de assimilação e memorização de conteúdo.

A Programação Neurolinguística nos ensina que os responsáveis pela codificação do que ocorre no mundo externo são os nossos sistemas representacionais visual, auditivo e cinestésico (tátil, olfativo e gustativo).

Todos nós processamos as informações e adotamos comportamentos de acordo com um sistema representacional preferencial. Portanto, cada um de nós tem um sistema predominante pelo qual prefere receber as informações.

Por isso que em uma sala de aula com 30 alunos nem todos conseguem assimilar o conteúdo da mesma forma. Quem é visual, tem mais facilidade de aprender com imagens, gráficos e slides. Já o auditivo, assimila o conteúdo ouvindo e até mesmo repetindo para si mesmo. O cinestésico prefere as atividades práticas para vivenciar, experimentar, sentir.

Uma maneira de descobrir qual é o sistema representacional dominante é prestando atenção à linguagem. A fala traz pistas importantes.  Os visuais usam frases como “eu vejo seu ponto de vista”. Auditivos costumam dizer: “eu ouço sua opinião”. Já o cinestésico fala: “eu sinto que pode dar certo”.

Cabe ao professor ser versátil ao montar a sua aula, utilizando todos os recursos possíveis, como filmes, músicas, slides, atividades práticas, experimentos e dinâmicas de grupo, e assim contemplar todos os sistemas representacionais.

Aliás, isso vale para todos os campos da vida. Afinal, para se ter sucesso no processo de comunicação é fundamental compreender e ser compreendido. Ao perceber o seu próprio sistema representacional preferencial e o do outro, você tem a oportunidade de ajustar a maneira como vai passar e receber a informação.

Tem mais: você pode criar um equilíbrio entre os sentidos quando descobrir qual é essa predominância. Se o seu sistema auditivo, por exemplo, for o menos desenvolvido, experimente assistir um telejornal com os olhos vendados. Quanto mais treinar, mais desenvolvido ficará aquele sistema.

Portanto, dê atenção aos sentidos. Eles não só dizem muitas coisas, como facilitam o processo de aprendizado e de interação. Quanto mais usarmos nossos sistemas representacionais com precisão e consciência, mais eficaz e interessante se torna a nossa comunicação.

PNL & Constelação

Você desempenha um papel muito importante nos sistemas dos quais é parte e qualquer alteração nessa ordem pode desencadear conflitos que ressoam por gerações. A tomada de consciência é o primeiro passo para a transformação.
Pensando na importância desse equilíbrio, desenvolvi no período que passei na Alemanha, com o apoio do master coach alemão Bernd Isert, o curso PNL & Constelação, que propõe um mergulho nos conceitos que deram origem à PNL, ao Coaching e à metodologia aplicada na Constelação Familiar.
Venha descobrir qual é o seu papel na sua Constelação e seja você um agente de mudança na sua vida e na vida de outras pessoas!
Para saber mais, acesse: www.1234voce.com.br
Forte abraço!