Descubra o que motiva a sua ação e mexa-se!

Muitas pessoas podem se questionar: por qual motivo eu devo sair da zona de conforto se está tão tranquilo e seguro? Eu explico o porquê. O ser humano foi feito para progredir. A evolução está no nosso DNA. Isso explica por que nos sentimos tão bem quando nos desenvolvemos.

Pode notar, em um determinado momento, ao perceber a estagnação, irão surgir sentimentos de insatisfação, descontentamento e incompletude. Afinal, fomos feitos para mudar. Portanto, para melhorar os seus resultados e se sentir bem consigo mesmo é fundamental deixar a zona de conforto e dar um passo adiante. Já dizia Albert Einstein: “se você fizer sempre as mesmas coisas, vai alcançar sempre os mesmos resultados.”

Por isso, os momentos de crise trazem consigo um lado positivo. Com eles, se abrem excelentes oportunidades de mudar a forma com que você faz as coisas. Buscar novos caminhos, se aprimorar, diversificar, enfim, colocar em prática novas estratégias para elevar o seu conhecimento e evoluir.

Quem se fecha na zona do conforto corre o risco de perder grandes oportunidades e de se frustrar lá na frente, quando perceber que estagnou. Se você está infeliz com a sua condição, seja ela qual for, a hora de mudar é agora! Já! Um mundo de possibilidades te espera fora da zona de conforto!

E tenha sempre em mente que tão importante quanto saber onde se deseja chegar e traçar as estratégias para atingir o objetivo é abandonar o campo da ideia e colocar tudo em prática. Pode parecer óbvio, mas sair da zona de conforto pode causar alguns “efeitos colaterais”. É a mente criando objeções e pregando peças para evitar o confronto interno e a insegurança do mundo “novo”. Esteja preparado para enfrentar essa resistência inicial.

Como mente e corpo formam um só sistema e ambos se influenciam, podem surgir alguns incômodos como dor de cabeça e de estômago. A mente também se encarrega de criar desculpas e induzir à procrastinação: “segunda-feira, sem falta, começo a dieta”. É típico!

O importante é ter atitude, dar o primeiro passo. O que você precisa para alcançar o seu objetivo? Você já possui os recursos disponíveis ou vai precisar de recursos adicionais? Quais são as alternativas? Há mais maneiras para atingir o objetivo? Qual é a foça maior que motiva a minha ação?

Detalhar o passo a passo para conquista do objetivo e começar são as tônicas da conquista. Seja confiante e siga em frente! Aceite o desafio! Encare os medos e a insegurança. Esteja atento às mudanças e invista no seu desenvolvimento.

Grandes resultados irão acontecer, acredite!.